Você pode ser um bonsai. Ou uma árvore frondosa!

Você pode ser um bonsai. Ou uma árvore frondosa!

Qual a diferença entre o bonsai e uma árvore frondosa? As podas que fazemos na planta!

Por Marcos Giraldi

Imagine uma pessoa com o forte desejo de fazer alguns ajustes na sua vida, na sua carreira ou na sua empresa. Grandes ou pequenos ajustes, não importa. Sabe que tem que fazer correções de rumo. Do jeito que está, dificilmente vai alcançar algo diferente do que já conseguiu na vida. Afinal, é uma insanidade fazer as mesmas coisas e esperar resultados diferentes.

Conhece alguém nessa situação? Eu conheço várias! Por mais que elas saibam o que querem, ficam empacadas, sem saber como fazer o que tem que ser feito.

Ah… você é uma dessas pessoas? Então te convido a ler esse artigo até o fim. Quero falar de algo simples, porém complexo. Fácil, mas ao mesmo tempo difícil de entender. A virada de chave está na sua mente, na forma como você vê o mundo.

Lentes

Talvez você acredite ver o mundo da mesma forma que todas as outras pessoas. Mas não é assim. Algumas “lentes” mudam a percepção da realidade. Aquilo que é tão óbvio para uns pode não ser tão óbvio assim para os outros.

Por que algumas pessoas conseguem tão facilmente as coisas e outras, não? Por que algumas têm sucesso e outras, mesmo se esforçando, estão distantes de seus objetivos?

A resposta está nas “lentes” que temos diante dos olhos e que mudam a forma como vemos o mundo.

Já viu um bonsai? Aquela pequena planta nos diz muito sobre nós mesmos. O bonsai é uma planta que tem grande potencial de crescimento. Você já viu uma Pitangueira? É uma árvore enorme!! Mas o bonsai de Pitangueira é pequeno.

E é pequeno porque o tempo todo tem alguém podando seus galhos. O tempo todo tem alguém cortando as raízes. E essa poda, esse corte, impede a árvore de crescer.

As podas e cortes acontecem em nossa vida desde pequenos. Ninguém nasce pobre, deprimido, fracassado. Nascemos com o HD novinho, sem nada. Mas, aos poucos, vão colocando em nossa memória o conteúdo que nos impede de crescer. O HD é contaminado por vírus que nos deixam lentos e preguiçosos. São as “lentes” que mudam a percepção da realidade.

E o pior: nem percebemos isso, pois a ação é inconsciente.

Crenças

Eu cresci ouvindo meu pai dizer que “dinheiro não traz felicidade”. No meio em que eu vivia, era comum ouvir críticas a ricos, pois são “homens insensíveis e que só sabem explorar o pobre”.

Sou católico, e na Igreja sempre ouvia a exaltação aos pobres. É mais fácil um camelo passar pelo buraco de uma agulha do que um rico entrar no reino dos céus.

Foram colocando em minha mente, sem eu perceber, várias crenças sobre dinheiro. De tanto ouvir isso, desenvolvi inconscientemente a crença de que ganhar dinheiro é uma coisa ruim. Assim, minha mente inconsciente passou a trabalhar para que eu nunca ficasse rico.

E isso é mais comum do que se pensa. Certa vez, uma cliente minha trouxe a dificuldade de fazer uma reserva financeira. Tinha um bom rendimento, mas não conseguia guardar dinheiro.

Ao analisar as crenças, descobrimos que ela tinha uma que dizia o seguinte: “dinheiro serve para pagar contas”. Assim, inconscientemente, ela fazia contas e mais contas, até o limite do rendimento dela. Nunca sobrava nada para guardar.

Ao quebrar essa crença, ela passou a guardar dinheiro. Assim como eu, ao perceber o “filtro” de que ficar rico é ruim, tomei a decisão de mudar as crenças e me permitir fazer o que tem que ser feito para ter mais conforto financeiro.

São só alguns exemplos. Mas existem inúmeros outros. As crenças determinam os resultados em nossa vida. E essas crenças são aprendidas ainda na infância.

Quais as crenças que te impedem de avançar? A resposta não é tão simples, pois as crenças agem inconscientemente. Por isso que o processo de coaching é tão transformador. O coach te ajuda a identificar e mudar as crenças que, como a poda no bonsai, te impedem de crescer.

Somos fruto da nossa história. Rever essa história e dar um novo significado para ela é, talvez, um dos primeiros passos para gerar novas crenças e avançar rumo ao seu objetivo.

Como fazer isso? Bem… vou explicar nos próximos artigos. Fique ligado!

 

No Comments

Post A Comment